Imagem ilustrativa

Evento Lab Moda

A temporada 2019 do LABModa promete mais uma vez surpreender e movimentar o Pátio Batel, entre dias 25 de junho a 14 de julho, com uma efervescente mistura de moda, música, cultura e intercâmbio de experiências criativas. A estrutura do evento será montada no estacionamento do shopping – piso S1 – num ambiente inovador com cenografia do arquiteto e designer Felipe Guerra, que assinou a primeira edição do LABModa no Pátio Batel em 2015. Serão dez marcas de roupas e seis de acessórios em cada uma das duas temporadas – 25 de junho a 5 de julho e 6 a 14 de julho.

A marca LABModa, que completa 8 anos, evoluiu para um formato que passeia entre o consumo consciente, a arte e o entretenimento. Este ano, o evento explora os conceitos de Identidade, Qualidade e Sustentabilidade. "Somos uma plataforma para lançamento de ideias, troca de conhecimento e experiências para o público. O nosso principal objetivo é valorizar as marcas participantes, a fim de estimular a economia local e o consumo consciente. Tudo isto embalado em um clima de festa, como pede um evento de moda”, afirma Rafael Perry, diretor do LabModa.

O formato corners para exposição e venda + área de convivência ganhará uma extensa passarela para desfile coletivo e performances das marcas participantes. Estas também serão convidadas para participar de talks com convidados para contarem suas histórias e perspectivas no cenário da economia criativa. Como já é tradição, a ideia é que todos os dias os visitantes do LABModa sejam surpreendidos, seja com performances musicais, desfiles ou conteúdos relacionados à moda.

O LABModa ganhará as redes sociais, meios de comunicação e as ruas com a campanha da Tif Comunicação estrelada por sete personalidades curitibanas identificadas com o conceito do evento. O styling é assinado pelo produtor Victor Sálvaro, que também fará a produção do editorial com todas as marcas desta edição.

A MODA LOCAL

Para a curadora de moda do LAB 2019, a designer Aline Bussi, representante local do Fashion Revolution, o cenário fashion em Curitiba está em constante evolução. “Encontramos desde o ateliê de moda festa, que mantém o trabalho sob medida tradicional, até marcas que estão introduzindo tecnologia em seus produtos e em modelos de negócios.

Muitas surgiram por iniciativa de empreendedores que vieram de outras áreas e que sentiram necessidade de se aventurar e desenvolver um produto, um acessório ou coleção de vestuário. Eles encontraram seu nicho de mercado e estão escrevendo trajetórias interessantes”, diz.